Cirurgia Bariátrica

Obesidade_e_Cirurgia_Bariátrica-reducao-

Técnicas Cirúrgicas

As cirurgias para tratamento da obesidade podem ser divididas em:

  1. Cirurgias Restritivas: são procedimentos que promovem a redução da capacidade de armazenamento de alimento pelo estômago, através da redução do seu volume, levando a sensação de saciedade precoce.
    . Bandagem Gástrica Ajustável
    . Gastroplastia Vertical (Sleeve)

  2. Cirurgias Mistas: são cirurgias que promovem um desvio nas alças intestinais, além da redução volumétrica do estômago. Atuando então tanto na saciedade precoce quanto na diminuição da absorção dos alimentos ingeridos. A principal técnica mista utilizada atualmente é a Derivação Gástrica em Y de Roux (Bypass). É considerada a cirurgia padrão-ouro, com altos índices de satisfação, controle das doenças associadas e manutenção a longo prazo do peso perdido.

sleeve bariatrica.png

SLEEVE:

  1. Retirada de aproximadamente 2/3 do estômago junto com a parte que secreta hormônios estimulantes do apetite (grelina), levando o paciente à saciedade com menor quantidade de alimento.

BYPASS - bariatrica.png

GASTROPLASTIA COM DERIVAÇÃO INTESTINAL EM Y DE ROUX (BYPASS):

  1. Cirurgia bariátrica mais realizada no mundo. Através de grampeamento cria-se um pequeno reservatório gástrico na parte superior do estômago que restringe a quantidade de alimento capaz de ser consumido. Uma parte do intestino delgado é desviada diminuindo a absorção dos alimentos ingeridos.

Cuidados pós-operatórios

 

A cirurgia da obesidade requer alguns cuidados essenciais no pós-operatório. A reintrodução da dieta deve ser feita de forma lenta e gradual. É importante que a reposição de polivitamínicos seja feita de forma adequada. O uso da meia elástica e anticoagulantes visam diminuir o risco de trombose. Gravidez é contraindicada de preferência até o 2º ano pós-cirúrgico. O acompanhamento ambulatorial seriado com equipe multidisciplinar sempre deve estar presente.

dr james fukuda logo.png